Vídeo: Pr.Harry prega que o deserto não é o fim

Vídeos - Vídeos

Avaliação do Usuário: / 6
PiorMelhor 
No culto de 11 de julho o Pastor Harry Ribeiro, da Assembleia de Deus de Braunschweig, Alemanha, mostrou, com a história de Agar em Gn 21.14, que as pessoas não têm interesse em passar pelo deserto, preferem lugares mais agradáveis, mas o deserto não encerra as esperanças do crente.

Agar passou por muitas dificuldades sem escolher passar por elas. Não era resultado de suas escolhas. Não pediu para ser escrava, para ter flho de Abraão, para ser expulsa da casa de Abraão. Parece que a vida de Agar é uma sucessão de desventuras. Abraão pediu que ela fosse embora com Ismael, ainda criança, e ela foi andando sem rumo pelo deserto. Acabou o pão e a água e Isamel começa a chorar. Ela se afasta para não vê-lo morrer. A única esperança que ela tinha era seu filho, mas ela começa a ver sua esperança ruir.

Mas nada acontece em nossas vidas sem a permissão de Deus. Ele tem o controle de nossas vidas mesmo que estejamos, como Agar, no deserto. Mesmo que não conseguimos ver mais nada no fim da linha, Deus escreve a nossa história. Deus nos mostra que o deserto não é o fim. Ele criou o deserto, e no meio do deserto Ele pode criar um oásis com água fresca.

No deserto não adianta ter dinheiro, ter posses. A unica coisa que ajuda é um manancial. Deus tem uma nova água para você em meio ao deserto.

Para quem não conhece Deus o deserto é o fim, mas para quem conhece significa:

- passagem e experiência com Deus; Deus tem coisas tremendas para o crente no meio do deserto;
- crescimento; para chegar no resultado esperado, às vezes temos que passar no meio do deserto; achamos que Deus está nos matando, acabando conosco, mas cada experiência no deserto vai aumentando nossa fé e experimentamos o sobrenatural de Deus;
- é lugar de milagre; Agar não sabia, mas Deus tinha reservado um milagre naquela areia quente;
Deus mandou-a levantar, ter uma atitude; Deus ouviu o choro da criança; Deus ouve o clamor de gente pequena quando passa no meio do deserto;

O filho de Agar era o seu projeto, o seu sonho, o seu futuro. Quando ela levantou Isamael, Deus abriu os seus olhos e ela viu a água no meio do deserto. Levantemos os nossos projetos e coloquemos o nosso futuro diante de Deus!

Assim como Deus estava com o menino, estava com o projeto e as esperanças de Agar. Foi no deserto que o menino cresceu, prosperou, tornou-se homem. Foi no deserto que tudo deu certo.