Libertação dos vícios e da morte

Testemunhos - Testemunhos

Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Meu nome é Maurício e sou cooperador na Assembléia de Deus em Curitiba.

Foi nessa congregação que minha mãe pediu muitas orações por mim. Ela, sendo membro, não desistiu de orar por mim.

Estive a infância e o começo da adolescência acompanhando a doutrina de Jesus Cristo e conhecia bem a Verdade. Fui batizado com o Espírito Santo aos onze anos na escola dominical. Mas me desviei dos caminhos do Senhor com treze anos de idade.

Estava, então, no caminho do pecado, do mundo e da carne. Lá estava eu fazendo o que era mau aos olhos do Senhor. Eu estava viciado em quase todos os tipos de drogas, bebidas alcoólicas, cigarro e era ladrão de casas, descuidista, etc. Tornei-me um indivíduo muito violento e cheguei a quase matar um homem. Estava sendo usado nas mãos do inimigo para “matar”, roubar e destruir. Era uma pessoa que tinha muita lascívia e tinha várias parceiras sexuais, muitas vezes prostitutas. Só Deus me livrou das DST. Eu era a ovelha negra da família. Não deixava ninguém em paz. Certa vez cheguei a agredir meu próprio pai. Meus irmãos me odiavam porque eu brigava com todos eles. Minha vida era um inferno!

Fui preso por tráfico de drogas e na cadeia tentei uma reconciliação com Deus, mas foi uma alegria passageira. Quando saí da cadeia fui uma única vez na igreja para agradecer a Deus pela liberdade, mas no outro dia estava junto dos traficantes novamente.

Depois disso me aprofundei mais ainda no crack e no álcool. Certo dia a dirigente do círculo de oração da igreja onde minha mãe congregava me encontrou e me disse: Maurício! Deus me mandou dizer que se você não sair do meio onde você anda você vai morrer.

Eu passei muito mal numa manhã que comi um pão com queijo e presunto. Fui levado ás pressas para o hospital e lá foram feitos muitos exames, até que constataram que eu estava com uma doença chamada PANCREATITE NECRO-HEMORRÁGICA. Essa infecção de pâncreas estava adiantada e comprometeu todo meu pâncreas. Fizeram duas cirurgias de emergência em mim para que eu não morresse, mas não tiveram sucesso. Fui desenganado pelos médicos que chamaram minha mãe e irmãs e disseram para esperar pelo pior, disseram que eu iria morrer e eles não poderiam fazer mais nada.

Então clamei ao Deus de minha avó, orei ao Deus de minha mãe e disse a Ele:
- Senhor Deus! Se o Senhor me livrar da morte que está próxima, eu volto para os teus caminhos! Por favor, perdoe-me pelos meus pecados. Tudo que eu fiz de errado, tudo que fiz de mal, me perdoe! Eu entrego agora a minha vida nas tuas mãos, eu entrego tudo em suas mãos Senhor Jesus!

Fiz essa pequena oração, mas foi de coração aberto, com muita sinceridade. Deus me respondeu com um milagre maravilhoso.

Eu saí do hospital e fui direto para a igreja. Hoje estou batizado nas águas, renovado no Espírito Santo de Deus, casado com uma linda e amável esposa, tenho minha casa própria e com uma saúde perfeita e, ainda, minha esposa dará a luz a uma linda menina em meados do mês de Maio. Sou professor da escola dominical para os jovens da nossa congregação e Deus tem me achado útil para a sua obra.

Eu sempre digo que o que o diabo levou dezenove anos para destruir, Jesus restaurou e transformou em dois anos e meio que estou convertido.

Obrigado pela oportunidade de postar esse testemunho para a glória do Senhor Jesus.

Deus abençoe os irmãos!