O amor pela música promove a inclusão social de deficiente visual

Notícias - Música

Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 

alt

O aprendizado musical seja por adultos ou crianças, pessoas portadoras de deficiência ou não,  contribui de forma extraordinária na formação intelectual e emocional das pessoas, mesmo que este não implique necessariamente na formação de futuros músicos. Como prova desta inclusão social a orquestra da ADM – Aero Rancho, tem um caso em que a música abriu portas para pessoas com necessidades especiais. A jovem Brenda de Paula Pires, (16) é portadora de necessidades especiais por conta de ser deficiente visual e contou como a música se tornou parte indispensável em sua vida. “Eu comecei a me interessar por música quando tinha cinco anos e minha mãe me colocou pra aprender teclado, mas logo em seguida eu parei. Mesmo assim eu tinha o meu teclado em casa e às vezes eu praticava, mas sempre gostei de música”, contou Brenda.

Devido à mudança de bairro as aulas de teclado tiveram que ser interrompidas. Em 2009, Brenda que na época tinha 12 anos ouviu que iria começar na igreja a ter aulas de música e pediu para sua mãe coloca-la na aula de música. “Depois de quatro meses minha mãe conversou com a irmã Neisy que é a professora de música, ai eu comecei a fazer aula teórica e prática”, destacou Brenda. Para a professora Neisy Teixeira este foi um grande desafio, “em principio eu pensei o que podemos fazer para transmitir o conhecimento das notas musicas? Começamos então a utilizar o tato para ela conhecer as escalas musicais e também gravava os sons e acordes feitos no instrumento para que ela pudesse exercitar em casa”, relembrou a professora.

alt

Ao mostrar dedicação e alegria por aprender música, Brenda descobriu que tinha um livro de braile que ensinava os acordes e com isso começou a desenvolver sua própria partitura facilitando na execução da música e no aprendizado da mesma. Após 10 meses de aulas teóricas e praticas Brenda começou a tocar flauta transversal e esta escolha foi feita depois de um sonho que a jovem teve e Brenda crê que sua decisão foi orientada por Deus. Um sonho que Brenda tem é de ser juíza, porém também alimenta o projeto de se formar em música para ensinar adolescentes, crianças e adultos a desenvolver este dom que mudou sua vida e lhe abriu novas portas.

alt