Monte Alegre lança pedra fundamental e ampliação

Notícias - Igrejas

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

 

alt

As novas dependências do templo da congregação do Monte Alegre, Setor 4 – Campo Nobre, em Campo Grande (MS) terão 153m quadrados, divididas em três salas, com gabinete pastoral, salas para crianças e cozinha. A nave principal abrigará 140 pessoas. O lançamento da pedra-fundamental ocorreu no dia 13 de janeiro, com a presença do presidente da ADM, pastor Antonio Dionizio, do 1º vice-presidente, pastor Orlando Lima Monteiro, do diretor do Departamento de Obras da ADM, pastor Olímpio Bezerra e do então supervisor do Setor, pastor Leocivaldo Marques.

 

Segundo o dirigente da congregação, pastor Marcos Mariano dos Santos “a igreja conta com 60 membros e o espaço físico do templo estava defasado não comportando satisfatoriamente os membros da igreja, por isso Deus concedeu esta oportunidade de construir um templo próprio”, exultou. Com a fé em Cristo, pastor Marcos Mariano colocou a igreja em oração para pedir ao Senhor estratégia para a construção de um novo templo. Com esforço e determinação, Deus concedeu a aquisição de um terreno em uma região estratégica da cidade.

alt

Ao falar das perspectivas de crescimento da igreja, pastor Marcos ressalta a necessidade de os moradores em ouvirem a Boa-Nova do Reino. “O local é muito carente, devido a sua distância do grande centro e vemos que Deus nos confiou este ponto estratégico para propagar o Evangelho. Agora, a nossa meta é de até ao final do ano, alcançar em torno de 180 membros”, discursou. Com a colaboração de todos os membros na execução da obra, a igreja tem realizado mutirões nos finais de semana. 

alt

Toda a igreja tem se mobilizado, desde a mão-de-obra até a alimentação, pois muitas irmãs preparam almoço aos demais trabalhadores. De acordo com o pastor Marcos, a construção do templo tem repercutido na propagação do Evangelho entre a vizinhança. Muitos moradores da região têm-nos olhado com bons olhos. “Posso ver Deus trabalhando na vida das pessoas, pois a receptividade tem sido notória” afirmou.