Manifestação pacífica pela família reúne 70 mil em Brasilia

Notícias - Evangelismo

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

alt

Milhares de cristãos tomaram o gramado em frente ao Congresso Nacional nesta quarta-feira em Brasília. A manifestação contou com o apoio de diversas denominações. Os organizadores do evento anunciaram a presença de 70 mil pessoas; a Polícia Militar do Distrito Federal estimou em 40 mil. Que outra força consegue reunir tanta gente num dia útil? O que espanta, no entanto, não é isso, não. A exemplo do que aconteceu com a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro, no último dia 25 de maio (que pode ter levado até 500 mil pessoas às ruas), também a manifestação de hoje foi editorialmente ignorada pela grande imprensa. Qualquer protesto de meia dúzia de gatos-pingados merece muito mais espaço.

 

O Estado de Mato Grosso do Sul foi representado por 100 pastores que participaram da mobilização nacional contra o casamento gay. De acordo com o presidente do Conselho Estadual de Pastores, Ronaldo Batista, a manifestação também foi contra a legalização do aborto e o Projeto de Lei 122, que tem como objetivo criminalizar a homofobia no País.  “Foi um ato pela vida, e pela família. Nós queremos defender a família Brasileira”, afirmou o pastor.

alt

A manifestação está programada para acontecer às 15 horas (horário de Brasília). O evento vai contar com apresentações dos cantores Talles Roberto, André Valadão, Aline Barros, Eyshila, Nani Azevedo, David Quinlan, Cassiane, e Bruna Carla.

alt

O pastor informou que evento semelhante será realizado em Campo Grande no dia 12 de julho. A previsão é de que cerca de 20 mil pessoas participem da mobilização. “Ainda não definimos um local, mas provavelmente deva acontecer na Praça do Rádio Clube”, informa.