MS produz itens mais exportados do país

Notícias - Economia

Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 

alt

O Estado exporta 4 dos produtos mais importante do Brasil, o açúcar, a carne, a soja e minério de ferro.

 

No Brasil a exportação vem crescendo a cada ano. No primeiro mês de 2012, o país faturou US$ 16,142 bilhões, tendo como principais produtos exportados o açúcar, a carne, soja, café, minério de ferro e petróleo bruto. O Estado de Mato Grosso do Sul, apresentou um ótimo índice desempenho em três destes produtos (açúcar, carne bovina e derivados e a soja), o crescimento foi de 28,64% em relação ao ano anterior (2011). No balanço do mês de janeiro, o montante no MS foi de US$ 218.759 milhões em exportações.

 

Além disso, dentre os setores da exportação, os produtos básicos que somam US$ 117,6 milhões corresponderam a 53,77% das exportações do Estado, seguido dos produtos semimanufaturados (US$ 54 milhões) com 24,62% e manufaturados (US$ 47 milhões) com 21,53%.

 

Os municípios que mais contribuíram em valores para a exportação do Estado, foi em primeiro lugar, Três Lagoas (US$ 43, 3 Bilhões), segundo lugar, Campo Grande (US$ 27,9 bilhões) e Terceiro lugar Dourados (US$ 25,6 bilhões).

 

No quesito produto, a Soja foi quem representou maior crescimento em relação ao ano passado. Com 37,9 toneladas o produto faturou US$ 16,7 milhões na exportação, sendo que no mesmo período em 2011 o valor ficou em US$ 3,3 milhões, um crescimento de 496,4%. Já o produto com maior custo exportado foi o açúcar com arrecadação de US$ 46,6 milhões.

 

O faturamento do estado com as vendas de açúcar aumenta a cada ano, superando a participação de produtos como a carne bovina e a pasta de madeira. “O forte acréscimo da produção de açúcar no MS se deve principalmente à instalação de sete novas indústrias durante o ano de 2009", explicou o presidente da Biosul – Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul, Roberto Hollanda Filho. Ainda, o presidente concluiu que o Estado foi beneficiado de duas formas: uma pelo aumento da produção de açúcar e também pela valorização do produto.

 

Os produtos exportados pelo Estado são enviados a 53 Blocos Econômicos, dentre estes 5 Blocos se destacaram neste período: Ásia com 43,12%, União Europeia 15,36%, Europa Oriental 11,54%, Oriente Médio 8,32%, África 7,52% e Demais Blocos com 14,14%. Já entre os principais países que importam nossos produtos está a China (14,65%), Rússia (10,93%), Bangladesh (10,92%), Holanda (5,48%), Hong Kong (4,91%) e Arábia Saudita (4,20%).

 

Vale ressaltar, que as exportações de produtos industrializados de Mato Grosso do Sul também mantiveram ritmo acelerado neste mesmo período. Neste ano a alta já chega a 21,8% com relação ao ano de 2011. Os principais grupos de industrializados que apresentaram crescimento nas exportações foram os do Complexo Carne, Açúcar e Álcool e Papel e Celulose, conforme dados do Radar Industrial da Fiems e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

 

Segundo o presidente da Fiems – Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul, Sérgio Longen, esse resultado é animador. “Os dados comprovam que a indústria sul-mato-grossense prossegue no mesmo compasso dos últimos dois anos, quando as exportações de industrializados fecharam com receita acima de US$ 2 bilhões. Neste ano, devemos nos manter nos mesmos patamares de 2010 e 2011, ou seja, fechar 2012 também muito próximo dos US$ 3 bilhões” concluiu.