Igreja nos EUA pode receber indicação ao Prêmio Nobel

Notícias - Comunidade

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

 

alt

No Evangelho, o estímulo ao perdão é algo básico da fé. Jesus ensinou a perdoar. No entanto, um gesto de perdão, na sociedade atual, pode soar esquisito, mas também inspirar. A Igreja Metodista Episcopal Emmanuel, em Charleston, Carolina do Sul (EUA) é um exemplo, e foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz de 2016, por conta da resposta pacífica e inspiradora à tragédia. O templo da igreja foi invadido por Dylann Roof, em junho do ano passado. Na ocasião, o jovem racista matou nove pessoas a tiros. Passada a comoção, as famílias das vítimas, assim como os membros da congregação divulgaram um comunicado informando que perdoavam o assassino, embora esperassem que a Justiça fosse feita para que ele pagasse sua dívida com a sociedade.

A indicação foi feita por um grupo de políticos do estado norte-americano de Illinois. “Se alguém foi responsável por promover a paz, foi a Igreja Emmanuel e sua liderança”, disse Frank Zuccarelli, um supervisor da Thronton Township. “Eles demonstraram mais amor, paz e perdão do que jamais visto antes. Eles são um grande exemplo a ser seguido por todos nós”, acrescentou.

A decisão em torno da indicação da igreja será tomada pelo Comitê Norueguês do Nobel, composto por cinco membros. Se a indicação for aceita, a igreja estará numa lista seleta de pessoas e/ou comunidades que atuaram para a construção da paz no mundo. O vencedor será escolhido dentre esses selecionados.