ADM fecha parceria para cursos profissionalizantes

Notícias - Comunidade

Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

alt

Com o intuito de qualificar pessoas para o mercado de trabalho. A Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (Fiems - Campo Grande) quer levar diversos cursos gratuitos de qualificação profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e de inclusão digital do SESI aos bairros da Capital. No dia 12 de abril, o diretor-corporativo da Fiems, Jaime Verruck, formalizou, uma parceria com o Fenasp (Fórum Evangélico Ação Social e Política) para ampliar a abrangência do Programa na captação de pessoas interessadas em educação profissionalizante.

  A cerimônia de assinatura do protocolo de intenções foi realizada durante o Encontro Estadual de Lideranças Evangélicas, que reuniu mais de 700 pastores de Mato Grosso do Sul na 1ª Igreja Batista de Campo Grande. De acordo com Jaime, essa parceria vai contribuir para o cumprimento da meta de qualificação a princípio em Campo Grande e, posteriormente, nas outras cidades sul-mato-grossenses. "Identificamos que o povo evangélico é um parceiro importante na captação dos alunos. Estamos atuando no enfrentamento da falta de mão de obra qualificada para atender o setor industrial e esse Fórum contribuiu para firmar essa parceria", disse. 

alt

Para o pastor Nichermon Henrique da Silva, diretor da Fundação Campo Grande Netesh, a parceria firmada vai proporcionar bem-estar às famílias. "Essa iniciativa é de suma importância, pois, preparando melhor a pessoa, ela terá melhores condições de conseguir um bom trabalho e aumentar a renda familiar. Isso é importante para que todos vivam em harmonia", destacou. Segundo pastor Nichermon, os pastores interessados poderão usar o espaço físico dos templos para as aulas. “Muitos cursos poderão ser oferecidos no espaço físico do templo, fora dos horários de cultos", ressaltou.

Já o presidente do Fenasp, Wilton Acosta, acrescentou que por meio da parceria as igrejas evangélicas também cumprem o papel social que lhes cabem. "Essa parceria é o que chamamos de projeto qualificação sem evasão. É muito importante podemos participar, pois é uma forma de todos darem as mãos para a melhoria da sociedade”, informou. Pelo menos 200 lideranças, sendo 100 da Capital e 100 dos municípios do interior de Mato Grosso do Sul, já estão articuladas para iniciar o trabalho de captação dos alunos.