Convenção regional reúne ministros da região e Estado

Notícias - Obreiros

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

 

alt

Em clima fraterno, a Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de Mato Grosso do Sul (Comadems) reuniu seus membros, separou outros, tratou de diversos assuntos e reelegeu pastor Antonio Dionizio como presidente por aclamação, bem como os demais membros da mesa diretora.  A 42ª Assembleia Geral Ordinária realizou-se de 22 a 24 de novembro, no templo-central da ADM, em Campo Grande.

Com base na história cristã, a partir da Igreja Primitiva, a reunião teve a participação de ministros-membros da região eclesiástica de Campo Grande, incluindo algumas cidades do interior, com cerca de 300 igrejas, de todo o Estado, de outros Estados e também do exterior, como a Convenção de Ministros da ADM em África (Comadema), presidida pelo pastor Roberto Conceição Santos e ainda missionários ligados a Comadal, convenção na América Latina, também ligada à Comadems.

 

Novos ministros

Vários ministros, oriundos de outras cidades e Estados foram recebidos como membros da Comadems, como o pastor Antônio Nicolete, presidente da Assembleia de Deus em Dracena (SP). Foram consagrados ao Senhor 114 ministros do Evangelho, sendo 77 evangelistas e 37 pastores, número equivalente a toda a abrangência eclesiástica da Comadems. Ainda da região eclesiástica da capital foram separados 125 diáconos, 86 diaconisas, 62 missionárias e 75 presbíteros. Da região eclesiástica-interior: Bandeirantes- 5 diáconos, 2 diaconisas, 1 presbítero; Sidrolândia- 3 diáconos, 4 missionárias, 2 diaconisas, 3 presbíteros; Camapuã- 4 diáconos e 2 diaconisas; Rio Negro- 2 diáconos, 2 missionárias e 3 diaconisas.

alt

Todas as ministrações foram proferidas pelo pastor Elienai Cabral, de Sobradinho (DF). Conhecido em todo o território nacional, além de conferencista, teólogo e escritor, pastor Elienai também pertence ao Conselho Administrativo da editora assembleiana, a CPAD. Ele esteve acompanhado de sua esposa, a psicóloga Arézia Cabral que ministrou às senhoras.

Convenção Geral presente

Durante o período da Convenção, uma equipe da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), atendeu a todos os convencionais. Todos tiveram a oportunidade de sanar dúvidas e acertar débitos a respeito de anuidades, inscrição na próxima Convenção Geral, a ser realizada em Brasília, no mês de abril e também emitir novas credenciais. Na sexta-feira, esteve presente o pastor Isaías Coimbra, secretário da CGADB.

 

Assuntos tratados

Foram tratados sobre a viagem de ministros à CGADB em abril (de 8 a 12, em Brasília) a partir de uma comissão nomeada pelo pastor-presidente, Antonio Dionizio, composta dos pastores Orlando Lima Monteiro, Oséias Viana e Antônio Mesquita. O custo da viagem é de R$ 300,00, incluindo transporte por ônibus e uma diária em hotel nas cercanias de Brasília. A inscrição custará R$ 120,00 e a data limite de inscrição é 28 de dezembro. O convencional para se inscrever tem de estar quites com os débitos com a CGADB. Os interessados devem procurar um dos membros da Comissão para inclusão de seu nome. A saída ocorrerá no dia 10 à tarde e a volta no dia 12.

 

Novos cargos

Discutiu-se ainda a alteração do Artigo 26, com o objetivo de criar novos cargos na mesa diretora, como a figura do 3° tesoureiro, do 6° vice-presidente e do 7° secretario, para representarem a Convenção da África, e a inserção no Estatuto dos cargos e respectivas atribuições de gestor Administrativo, gestor Social, figura representativa do Conselho de Ação Social e mudança do Artigo 75, para alteração do mandato da mesa diretora, conselhos e comissões de 2 para 4 anos.alt

Aprovou-se ainda a inserção do Credo Oficial das Assembleias de Deus no Brasil e reforma dos estatutos das igrejas afiliadas. Cada igreja torna-se responsável pelas alterações dos seus estatutos, embora o gestor Administrativo da Comadems, pastor e advogado David Tavares Duarte estará à disposição dos presidentes para oferecer subsídios para fins de alteração estatutária.

alt

 

Comissão Política

Criou-se ainda, com aprovação do plenário, a Comissão Política da Comadems, composta do vereador-eleito Elizeu Dionizio da Silva, representante do Ministério de Campo Grande e do deputado estadual Lídio Nogueira Lopes, atual vereador em Campo Grande. Ambos trabalharão com projetos sociais, em conjunto com a mesa diretora da Convenção, a partir da criação da Casa de Apoio Social, que prestará assistência a todo o Estado.

 

Criação de nova região eclesiástica no Estado

Com a criação de uma nova região eclesiástica, a partir do desmembramento do ministério da Assembleia de Deus em Campo Grande, com a autonomia administrativa do Setor de Água Clara, concedida pelo presidente, pastor Antonio Dionizio da Silva, a nova região foi recebida como membro da Comadems. A nova região terá como presidente o pastor Joás Miranda de Lima