Pr. Jean: "Descubra que Deus quer te atender"

Notícias - Igrejas

Avaliação do Usuário: / 8
PiorMelhor 
 

O Pastor Jean Girard foi o pregador da noite de domingo, 30 de setembro. Iniciou sua fala testemunhando sobre os sucessos que Deus proporcionou à igreja portuguesa, que esteve visitando nos últimos dias: 62 pessoas se decidiram por Cristo; cinqüenta serão batizados em outubro, sendo 27 portugueses natos.
Em sua pregação, falou de Jabez, personagem de 1 Cr. 4. 9-10.

O contexto da curta história de Jabez é apenas a descrição de vários nomes, citados apenas pela conexão genealógica. Poucas pessoas se dedicam a leitura desse texto e contexto, já que pouco é dito, é mera onomástica.
Mas o escritor de Crônicas faz uma pausa na genealogia para destacar Jabez.
Deus não atende a todos os pedidos de todas as pessoas porque Ele tem compromisso com seu plano. Se atendesse os diversos interesses humanos conflitantes, não haveria mais humanidade. Mas Jabez soube fazer uma oração inteligente.
A história de Jabez mostra que crentes comuns podem buscar mudar sua história.
O contexto de Jabez mostra 44 nomes, mas somente ele é destacado, o que nos inspira a sair da mediocridade, do anonimato para solicitar o que Deus tem reservado para nossas vidas. O pequeno pode ser honrado; o comum pode tronar-se especial.
Não há registro que alguém tenha orado por Jabez. Ele mesmo orou. Podemos orar, nós mesmos, pelas nossas necessidades. Temos acesso direto a Deus.
O pregador mostra 4 lições tiradas do texto:

1 - Devemos pedir a bênção que queremos

Jabez reconheceu que ainda não tinha a bênção de Deus. E quando pediu, pediu "muitíssimo". "Eu quero a bênção, mas quero uma bênção diferenciada". Sabia que era possível viver além das limitações que se lhe impunham. Existem bênçãos que Deus não dá se não forem solicitadas. Nenhum dos 44 nomes em torno do nome de Jabez pediram.
Jabez significa "o que causa dor". O nome de uma pessoas revelava sua história. Mas Jabez queria mudar sua história e pela sua iniciativa Deus o atendeu. Abençoar é da natureza de Deus. Muitas vezes Jesus disse: "o que queres que eu te faça?".

2 - Devemos pedir condições de administrar a bênção

Jabez pedia a ampliação de suas fronteiras. Não adianta pedirmos muito e não termos "espaço" para guardar.

3 - A Presença de Deus é essencial

Jabez solicita o indispensável: a Presença de Deus. Deus atende quem não abre mão de Sua Presença. As conquistas que Ele nos dá não substituem a Sua Presença. Sua Presença não é um diferencial, é uma necessidade

4 - Devemos pedir proteção

Jabez sabia que as bênçãos poderiam incomodar alguém. Poderia despertar inimigos. Da mesma forma, quando Deus nos abençoa o nosso inimigo fica furioso e pode tentar nos atingir. Mas a proteção divina nos livrará do mal.

O Pastor Jean concluiu dizendo que:
- Deus atende àquele que pede, mas sabe o que pede;
- Deus atende aquele que ora, mas sabe orar;
- Deus atende aos que estão desprovidos de sentimentos egoístas e mesquinhos.


Ao final do sermão, o pedido do pregador para a noite foi atendido por Deus: sete almas se decidiram por Cristo.