As duas vontades que se chocam

Notícias - Igrejas

Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 

O pastor Antônio Dionízio pregou neste domingo sobre os conflitos interiores do homem que deve decidir entre fazer a vontade de Deus ou entregar-se ao seu próprio desejo.

O pastor usou como referência a história do profeta Jonas que, tentando realizar suas aspirações pessoais, tentou fugir da direção de Deus e não prosperou, pois o Senhor o trouxe de volta de maneira espetacular - sendo vomitado de um peixe - e o conduziu a pregar onde tanto temia - a cidade de Nínive.

O reverendo disse que a história de Jonas é uma das mais pregadas na evolução do Cristianismo de forma que Jonas é tido como medroso, covarde e rebelde por ter resistido à ordem de Deus. No entanto, segundo o pastor, às vezes somos parecidos com o profeta e tentamos fazer prevalecer nossa vontade sobre a vontade de Deus em nossas vidas.

O Espírito Santo, que reside em nós, é nosso aliado na luta entre o nosso desejo e a vontade do Pai que está nos céus de forma a nos fortalecer espiritualmente e a vontade de Deus prevaleça em nossas vidas.

Não adianta fugirmos da presença de Deus pois Ele não quer perder o que já investiu em nós e nos trará de volta e, de uma forma ou de outra, como no caso de Jonas, Sua vontade prevalecerá.