Vídeo: Pr. Jean prega sobre a revolução da fé

Vídeos - Vídeos

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 


Na noite de 10 de agosto, domingo, o pregador do culto evangelístico foi o Pastor Jean Girard. Com base no texto de Hebreus 11:1, 23-29 o pregador falou sobre a "Revolução da Fé".

Todos esperamos algo de Deus. Somos, como cristãos, sonhadores. A fé precisa ser usada. A fé de Moisés revolucionou.

Revolucionou o império egípcio. Todos os recém-nascidos hebreus estavam condenados. Os pais de Moisés acreditaram que seu filho viveriam. O império egípcio esperava pelo governo de Moisés. Mas Moisés acreditou, pela fé, que havia algo melhor para ele. Essa revolução é histórica porque Moisés não é mais um homem da história simplesmente, mas tem o seu nome dado a muitos meninos hoje por causa de sua decisão.

Revolucionou a sua própria vida. Era um príncipe preparado para o governo do Egito. Mas quando sabe da história dos patriarcas e de seu povo, nasce a fé em Moisés.

Moisés:

1) Recusou ser chamado filho da filha de faraó. Renunciou ao seu título. Acreditava que o Deus de Israel era o Todo-Poderoso, que ser faraó não era tudo.

2) Preferiu ser maltratado com o povo de Deus. O mundo não compreender porque cremos em Deus e preferimos ser filhos de Deus. Quantos tesouros do Egito Moisés recusou? Nossa certza da vida eterna é fruto de nossa fé. Não há preço para os mistérios de Deus, ser usado por Deus. Moisés renunciou as riquezas do Egito, assim como nós renuncioamos as riquezas do mundo. O Egito significa uma vida sem Deus.

3) Acreditou numa recompensa. Há um céu nos esperando. Há um galardão lá. Assim como não há pirâmides no Egito para Moisés, também não há glorias neste mundo para nós. Mas, assim como no caso dele, há nosso nome escrito nos céus.

4) ficou firme. Quem está firme em Cristo permanece em pé. A fé contagia.

Deus acredita que temos fé nEle. Já nos Deus demonstrações de que estamos com Ele.

O inimigo colocou em dúvida a integridade de Jó. A expectativa do infreno era que Jó renunciasse a sua fé naquele momento. Mesmo depois da doença Jó permaneceu íntegro.