Vídeo: Pr. Kaleb fala das duas multidões antagônicas

Vídeos - Vídeos

Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 


No culto de encerramento da 17ª Escola Bíblica de Campo Grande o pregador foi, mais uma vez, o Pastor Kaleb Dias Cardoso, de Fortaleza. A ressurreição do filho da viúva de Naim ilustrou a pregação.

A morte, segundo o pregador, é o grande desagregador da razão humana. Desajusta. Na história em questão, lembrou que Naim não era uma cidade próspera. Seus habitantes eram geralmente pobres e não seria diferente o caso da viúva. Ela tinha em seu filho sua única possibilidade de sustento na velhice.

Esse drama era acompanhado por uma multidão; multidão que amava a viúva, chorava com ela, mas que estava prestes a sepultar sua última esperança, seu último sonho. Era uma multidão cabisbaixa, que cultuava a morte.

Assim ocorre conosco quando somos acompanhados de pessoas que, embora nos amem, sepultam nossos sonhos, fazem-nos descrer nas possibilidades. Podem ser nossa própria família ou companheiros de labuta.

Mas por outro lado, há a multidão que seguia Jesus, um povo eufórico, que cultuava a vida e acreditava em milagres. Quando Jesus encontrou a outra multidão, o menino, que era referência de derrota, de perda, passou a aser referência de vitória.
Hoje isso ocorre. Quando encontramos Jesus nossa história muda, vencemos as limitações.