Vídeo: Pr. Océlio: "O bom samaritano no ministério pastoral"

Vídeos - Vídeos

Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 


No final da manhã de sexta-feira, 21 de março, o Pastor Océlio Nauar ensinou sobre a necessidade de haver, no ministério da Igreja, obreiros com o perfil do Bom Samaritano, descrito em Lc. 10.25-37. O pastor ressaltou a direção que muitos crentes tomam não é a direção adequada à vida cristã. No caso da vítima, descia de Jerusalém, lugar da presença de Deus e da bênção de Deus, para Jericó, lugar da maldição. E quando o homem deixa a presença de Deus fica a mercê dos ataques do inimigo.

O sacerdote também descia de Jerusalém a Jericó. É um obreiro que deixa a bênção de Deus, começa a perder o ânimo, perder a fé, achar que o ministério não tem sentido. Esse obreiro vai encontrar várias pessoas à beira do caminho precisando de ajuda e não vai poder ajudar.

No caso do levita, que era o auxiliar do sacerdote, também, a exemplo do sacerdote, descia de Jerusalém para Jericó. E assim, também não tinha condições de ajudar.

O obreiro atual deve tomar como exemplo o samaritano, ser o pastor que consegue enxergar as dificuldades por que passam as ovelhas, que tenha um ritmo que o permita acompanhar suas ovelhas, entender os problemas das ovelhas.

O samaritano estava preparado. Tinha o que todo obreiro precisa ter. Tinha ataduras. Às vezes encontramos irmãos que caíram nas garras do inimigo e estão feridos, quebrados e precisam de curativos. O samaritano tinha também o azeite. O obreiro precisa ter azeite, que é a unção do Espírito Santo. Também tinha o vinho, que representa a alegria e é o reconstituinte espiritual.

O samaritano carregou o homem ferido no colo e levou-o em sua montaria. O obreiro também tem que carregar suas ovelhas no ombro. Não basta fazer os curativos. Tem que oferecer o ombro amigo.