Vídeo: Pr. Marcu Hassebaur nos estimula a sermos "loucos" pela presença de Deus

Vídeos - Vídeos

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
O Pastor alemão Marcu Hassebaur pregou no culto de 22 de novembro sobre a "loucura" de estar na presença de Deus, assim como Davi teve a idéia de trazer a Arca da Aliança para Jerusalém.



Davi poderia pareceu louco, vestido com uma roupa sacerdotal, dançando, sacrificando cerca de cinco mil bois durante o seu trajeto atá a sua cidade.

Davi tomava todo o cuidado no transporte da Arca, pois antes disso, Uzá havia morrido por profanar a arca, ou seja, tocar, em sua impureza, a santidade do Senhor.

A santidade do Senhor estava representada dentro da Arca pelo maná, pela vara de Aarão e pelas tábuas da lei.

A Arca trazia dentro de si o maná, que não apodrecia. O alimento que os israelitas receberam do Senhor no deserto representava a providência divina para o povo de Deus. Deus é que nos sustenta e essa é a nossa confiança.

Também havia a vara de Aarão em seu interior. Uma vara que floresceu depois de estar seca. Isso mostra que Deus pode dar vida mesmo a quem já está morto.

Ainda havia as tábuas onde o próprio Deus escrevera os dez mandamentos. Isso significa que a presença de Deus no meio de seu povo pressupõe a obediência às suas ordens.

Uzá não atentou para a santidade do Senhor. Quiz ajudar Deus. Diminuiu Deus. Mas Deus é Santo e para entrar em sua presença devemos ser santos.

Davi temeu, interrompeu o transporte da Arca e deixou-a na casa de Obede-Edom. Este recebeu a prosperidade do Senhor por três meses, período que a Arca ficou consigo.

Depois disso, Davi, com todos os cuidados requeridos para o manuseio da Arca, providenciou o seu transporte até Jerusalém. Nesse trajeto, o louvor e os sacrifícios de Davi e de seus acompanhantes, embora parecessem extravagantes, embora Davi parecesse "louco", mostram que a adoração feita com santidade, mesmo que que pareça exagerada, agrada ao Senhor.

Assim há um contraste entre a morte de Uzá e a dança de Davi.

Hoje Jesus está no meio de seu povo, assim como a Arca estava no meio do povo de Israel. A Arca deveria ser levada por sacerdotes. Somos sacerdotes de Cristo hoje.

Como podemos nos aproximar de Deus se naturalmente não somos santos? Há uma distância entre vir a Jesus e sermos perfeitos. Mas é um caminho que inicia quando viemos a Jesus. Quem entregou sua vida para Jesus é santificado por Ele. Ele não olha para nós mais como pecadores, mas como santos. Devemos seguir Jesus, tê-lo bem perto, vendo-o com clareza. Quando prestamos atenção em outras coisas Jesus fica mais longe, fica diminuído em nossas vidas.

Se queremos viver uma vida na plenitude de Deus, devemos temer a Deus. Aprender com o erro de Uzá. Deus quer que vivamos em sua presença, com temor e com amor.


< Anterior   Próximo >