Vídeo: Pr. Océlio prega que os crentes de Antioquia são modelo para a Igreja atual

Vídeos - Vídeos

Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 


Na manhã do terceiro dia da Escola Bíblica de Campo Grande, sábado, 11 de abril, o Pr. Océlio Nuar, da Assembléia de Deus de Tucuruí, PA, ministrou sobre a Igreja de Antioquia e seu pastor, Barnabé, como paradigma de Igreja e de obreiro cristão.

Barnabé foi enviado para cuidar da Igreja em Antioquia. Sobre isso, aprendemos que são necessárias ao missionário três condições: ser enviado, ter a Palavra de Deus e estar na unção do Espírito Santo.

A mensagem de Barnabé e da Igreja em Antioquia era Cristocêntrica. Por isso obtinha resulados, a mão do Senhor estava com os crentes e o número de salvos crescia.
O nome cristão originou-se porque os crentes só falavam de Cristo, seus milagres, sua morte, sua ressurreição, sua vinda. Paulo, apóstolo, dizia que não vivia mais mas Cristo vivia nele. Conforme nos alimentamos da Palavra Cristo vai crecendo em nós e nos parecemos cada vez mais com Ele.

Quando o Senhor está com o evangelista, boas notícias de seu trabalho são propagadas pelas igrejas. Qualquer crente na Igreja deve estar cheio do Espírito Santo, a exemplo de Barnabé. Ele era um exemplo de vida e de caráter cristão. Muitos e uniram ao Senhor por causa do testemunho e do perfil de Barnabé.

É dever da Igreja buscar as pessoas que estão se perdendo. Muitos se afastaram por motivos banais e por discriminação dos próprios cristãos. A igreja deve cuidar disso porque o valor de uma alma é altíssimo. Barnabé buscou Saulo para que sua experiência com Cristo fosse colocada a serviço do reino de Deus. Treinou Saulo por um ano para que Saulo aprendesse sobre a Bíblia.

Diante de uma crise de fome eminente, a Igreja de Antioquia preparou-se para ajudar os cristãos da Judéia. Era uma Igreja que prestava socorro, ajudava, tinha ação social. O amor de Cristo estava com eles. Os crentes de Antioquia contribuiam com generosidade. Barnabé era um exemplo pessoal dessa genersidade.

O paradigma da igreja de Antioquia resumia-se em ter um líder cheio do Espírito Santo, adoravam ao Senhor e o jejum.