Deus - O Invencível

Artigos - Artigos

Avaliação do Usuário: / 4
PiorMelhor 
DEUS!!! O INVENCÍVEL.....

Por isso...
Desistir, jamais!
Recuar, nunca!
Prosseguir, sempre!
Vencer, agora!!!!

Há um gigante à sua espera...

Lembre se que você tem, não somente a funda como também o seixo utilizado por Davi, personificados na oração, cujo braço de longo alcance penetra com força eficaz para derrubar barreiras, destruir fortalezas, eliminar impossibilidades e lançar por terra e sem vida, o gigante que houvera se levantado em sua direção, mas que nunca terá o seu alcance.

Por isso...

Desistir, jamais!
Recuar, nunca!
Prosseguir, sempre!
Vencer, agora!!!!

Eu, Você, Nós.

Temos o Deus de Davi e suas armas permanecem à disposição daquele cuja certeza é visível, real e ativa.

Assim pregou o Pastor Ivaldo Domingos Leôncio (Vice-Presidente da Assembléia de Deus Missões em Campo Grande MS) na memorável noite da tarde do dia 5 de fevereiro de 2009.

E enquanto o Pastor ministrava em 2 Sm 17.48, Deus ministrava ao meu coração, em versos, o texto narrado em destaque.

Você pode.....

O gigante que se levantou diante de si, já caiu por terra e, sem vida. A Palavra de Deus nos assegura, portanto:

Aquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós, a Ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém. (Ed. Nova Versão Internacional).

Descrevo em versos neste trabalho, o que foi pregado pelo Pastor Ivaldo, na narrativa do Profeta Samuel na Bíblia Sagrada a história do Grande Vencedor Davi, que abateu um pequenino gigante aos seus próprios olhos.

Tudo porque teve a mesma ousadia que Deus disponibiliza para aqueles que confiam, descansam , e esperam nEle.

............................................................

Foi no Vale de Elá... O exército de Deus,

Ia enfrentar ali a clã dos filisteus.

Em linha de batalha as centúrias garbosas

Com lanças, varapaus e couraças vistosas,

Tinham à sua frente armados de broquel,

Os grandes capitães da tribo de Israel.

E frente à frente, agora, as tropas inimigas,

Iriam resolver as dúvidas antigas.

Pela força da espada ou das lanças em riste,

Pois em saber vencer, é que o poder consiste!

Porém, de Éfes Damin, surge o vulto alarmante.

Enorme, colossal dum horrendo gigante!!!

De couraça escalmeado e de helmo de cobre e fala,

Numa voz de trovão que o próprio campo abala!!!

Não sou eu filisteu! Não sois vós de Saul!

Escolhei dentre vós, de Norte Centro ou Sul, quem peleje comigo!

E aquele que vencer, levará como escravo

O povo que perder.

Mas ninguém se atreveu a responder com brio,

A insolência cruel daquele desafio.

E o povo que tremendo aquela voz ouviu,

Com medo do gigante, em pânico fugiu!!!

Mas o jovem Davi, que a cena presenciara, revolta se

Ao notar que o povo se calara, ante ofensa tão grande.

Então, era preciso, que ele fosse lutar contra esse incircunciso

Que teve a presunção de vir desafiar o exército de Deus!

E se pôs a falar até que isso chegou aos ouvidos do rei

Que o chama a confirmar o que dissera:

Irei!!!

Para onde quer que seja, o jovem respondeu

A fim de pelejar contra esse filisteu.

E foi!!!

Surgiu lhe então o gigante Golias.

Autêntico campeão de inúmeras porfias.

Que vendo o pastorzinho, o despreza

E escarnece dizendo a gargalhar!!!!

Que te parece!

Sou por acaso um cão, para vires de cajado....

Eis que o teu corpo darei aos animais do prado!

Mas Davi lhe falou:

E a mim, tu vens de couraça, e de lança, e de escudo!

Eu vou a ti na graça.

E em nome de Jeová, o Deus forte e fiel,

Do exército imortal do povo de Israel!

E arroja a funda no ar com grandes energias,

Lançando ao chão sem vida,

O gigante Golias.

E o ungido do Senhor, surge aos olhos do povo,

Tal como um salvador ou um gigante novo!

Enfim, um grande rei que não teme o perigo,

Vencendo e destroçando as hostes do inimigo.

Ele, que fora sempre autêntico pastor,

Jamais!

Desmentiria o seu real valor.

Conquistando na luta árdua de cada dia,

Sob a brasa do Sol, ou sob a neve fria.

Amando a natureza

E aprendendo com ela,

A ser puro e sincero,

A ver que a vida é bela!

Quando se faz justiça a ricos e plebeus,

E se pratica o bem, com o pensamento em Deus.

Sim!

Que de agora em diante, o grande vencedor

Seria grande Rei, como fora bom pastor.

E em Salmos cantaria o Céu, a Divindade,

A Esperança o Perdão, a Fé, a Caridade

A Justiça, o Poder, a Santidade, o Amor!

E o esplêndido poder da glória do Senhor!!!!

(Autor Desconhecido)